Atividade física intensa aumenta expectativa de vida de mulheres com câncer de mama

img95

Recentemente abordei aqui no blog os benefícios da atividade física para prevenir o câncer de mama. Uma nova pesquisa publicada no International Journal of Cancer mostrou que praticar caminhadas mais intensas ou corridas em ritmo mais lento (jogging) também ajuda a aumentar a expectativa de vida de mulheres que tiveram câncer de mama.

 A descoberta da pesquisa é muito importante, porque mostrou que a intensidade da atividade influencia no resultado final. Os pesquisadores acompanharam 986 mulheres que tiveram câncer de mama, durante 10 anos. As que praticavam a corrida em ritmo mais lento (jogging) tiveram uma redução da taxa de mortalidade de 40%, contra 3% daquelas que apenas caminhavam. Os dois grupos percorriam 1 km por dia.

Uma das explicações para o resultado da pesquisa é que quanto maior a intensidade da atividade física, maior o efeito na supressão dos hormônios femininos, como o estrogênio, que é um fator de risco para o desenvolvimento do câncer de mama. A pesquisa também se diferencia porque analisou tanto pessoas que correm, quanto que caminham.

Outros estudos estão em andamento para avaliar mais a fundo os benefícios da atividade física mais intensa em pacientes com câncer de mama e os mecanismos que diminuem a mortalidade.

Por enquanto, a recomendação é procurar uma atividade física que seja mais intensa, para estimular a capacidade aeróbica com mais eficiência. Claro, se você não está acostumada a correr, comece a caminhar e aos poucos vá aumentando o ritmo até chegar ao trote ou à corrida mais lenta (jogging).

 Lembre-se: Qualquer atividade física é melhor que o sedentarismo!