Ioga e o câncer de mama

108

O cansaço crônico (fadiga) é um dos sintomas mais comuns após o tratamento de um câncer de mama. A indisposição sentida não melhora com o descanso, nem depois de uma noite de sono e afeta, significativamente, as atividades do dia a dia. Ao longo dos anos, vários estudos foram realizados em mulheres que passaram por um câncer de mama para mostrar que a prática de exercícios físicos regulares ajuda a combater a fadiga.

Recentemente foram divulgados os resultados de uma pesquisa norte-americana, feita com 200 mulheres que tiveram diferentes tipos de câncer de mama. O objetivo era mostrar quais são os efeitos de sessões regulares de ioga na recuperação do câncer de mama. O grupo foi dividido em dois: metade praticou ioga duas vezes por semana, durante 90 minutos e o outro não realizou nenhuma atividade física.

O estudo mostrou que a fadiga foi 57% menor nas mulheres que praticaram ioga em comparação com as mulheres que não praticaram. Outro dado interessante foi que quanto maior o nível de atividade física, melhor o nível de disposição. As mulheres foram submetidas ainda a exames de sangue que comprovaram que houve uma redução de substâncias que causam inflamação no organismo. A ioga também melhorou a qualidade do sono, o que está diretamente ligado à redução do cansaço e da inflamação.

Não é novidade que a ioga é benéfica para a saúde, principalmente para as mulheres com câncer de mama. Em 2011, no Congresso Mundial da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO), foram divulgados dados de outra pesquisa, realizada pelo MD Anderson Cancer Center, um dos principais centros de tratamento do câncer do mundo.

O estudo, também feito com mulheres que tiveram câncer de mama, mostrou que a ioga reduz os níveis de cortisol e melhora o funcionamento do corpo. As participantes relataram mais facilidade para realizar atividades do dia a dia, sentiram menos cansaço, dormiram melhor e puderam lidar melhor com a doença.

Outras pesquisas devem ser realizadas a respeito do assunto. Mas, após o tratamento do câncer de mama, é fundamental praticar uma atividade física regular, como a ioga, por exemplo. Lembre-se que a fadiga tende a melhorar gradualmente após o término do tratamento. É importante ainda repousar, manter uma alimentação balanceada, dormir bem e se procurar formas de lazer.