O que fazer ao receber o diagnóstico de câncer de mama?

diagnostico

– Mantenha a calma, pois o fato de ter esse diagnóstico não significa o fim da vida;
– Entenda que tem tratamento e esse é passageiro, uma fase pequena da vida;
– Procure aceitar o diagnóstico e enfrentá-lo de frente, pois isso ajudará positivamente no tratamento;
– Procure um mastologista, que é o médico especialista em tratar as doenças das mamas. E certifique-se de que esse especialista trabalhe junto a uma equipe multidisciplinar (radioterapauta, oncologista, etc), como eu tenho aqui no HIAE – Hospital Israelista Albert Einstein, por exemplo, pois assim você assegurará que seu caso, por meio do mastologista, será discutido por diferentes especialistas. Isso será muito positivo na tomada da correta decisão sobre a estratégia do seu tratamento;
– Antes da consulta, organize todos os seus exames referentes ao fato para levar para o médico;
– Evite trocar experiências com conhecidos, pois na grande maioria das vezes as vivencias são próprias e as situações são diferentes. Por exemplo, o câncer de mama tem diferentes maneiras de se manifestar e tem diagnósticos diferentes, e isso, por sua vez, acarreta tratamentos e prognósticos diferentes. Sendo assim, procure não comparar sua situação com a de uma amiga. Pode apenas te confundir e trazer mais angústias desnecessárias;
– Escreva uma lista com todas as suas dúvidas, medos, vontades e questões pessoais e a leve na consulta. Eu acho ótimo quando tenho a oportunidade de esclarecer e assim poder tranquilizar meus pacientes;
– Estabeleça um canal aberto de comunicação com seu médico, pois caso apareçam novas questões, ficara fácil de esclarecê-las;
– Entenda que o mastologista está lá para ajudá-la e, uma vez estabelecida uma relação de confiança, procure entregar a responsabilidade de condução do caso a ele. Essa transferência de responsabilidade é extremamente confortante e ajudará a amenizar o peso de todo diagnóstico recém recebido;
– Entenda que muitas vezes o tratamento do câncer de mama tem etapas diferentes e isso não obrigatoriamente significa que seu caso é grave;
– Tenha sempre paciência;
– Procure ter uma alimentação regular e saudável;
– Procure meditar. Lembrando que quanto mais calma e controlada você estiver, mais fácil será passar pelo seu tratamento.
Enfim, pela minha própria experiência, te afirmo que você deve ficar tranquila, pois tenho certeza que ao final tudo dará certo!